quinta-feira, 5 de abril de 2018

# Veia de Crítico

Uma Aventura no Palácio das Janelas Verdes | Opinião

COMPRAR AQUI

Desde muito pequena que a leitura está presente na minha vida, e uma das primeiras coleções que li com afinco foi “Uma Aventura” de Ana Maria Magalhães e Isabel Alçada. A série que segue as gémeas Teresa e Luísa, e os rapazes João, Pedro e Chico.

Todos os volumes desta coleção que já chegou ao sexagésimo livro são envoltos em aventuras, mistérios, diversão e sobretudo muita amizade. A amizade que une os protagonistas e que traz às suas histórias um toque mágico e sentimental.

Para relembrar um pouco os tempos em que a leitura desta coleção, que também foi adaptada para uma série juvenil televisiva, dominava a minha vida, aventurei-me na leitura do mais recente lançamento “Uma Aventura no Palácio das Janelas Verdes”.

Este livro segue a linha dos anteriores: os protagonistas estão nos seus afazeres diários quando descobrem algum mistério ou crime que seguem até ao fim para desvendar e impedir, finalizando a história como os heróis que são e que fazem as nossas delicias.

Decididos a interpretar a peça de teatro “O cavaleiro sem cabeça” mesmo sabendo que podem estar sob alguma maldição, os jovens amigos corajosos partem para os ensaios na casa da Flora, a jovem rapariga que veio da América e que se junta a eles nesta aventura. Ao descobrirem o plano malvado e um tanto louco do tio de Flora, os jovens serão arrastados para uma série de peripécias que tem como objetivo impedir que o plano deste se concretize. A história decorre no Museu de Arte Antiga de Lisboa, outrora conhecido como Palácio das Janelas Verdes, devido às suas janelas tão características.

Um ponto interessante desta coleção é que no fim de cada volume, as autoras dão a conhecer ao leitor o que é real na história que contaram e isso para além de nos envolver mais na leitura, traz-nos conhecimento.

Com uma narrativa bem estruturada e uma escrita simples e direta, este é mais um livro que ganhou o meu coração, assim como todos os anteriores.

Uma Aventura que vale certamente a pena e que se junta agora aos restantes da estante para futuras aventuras literárias.

Uma aposta da Editorial Caminho.

Letícia Brito

Sem comentários:

Enviar um comentário