terça-feira, 3 de abril de 2018

# Veia de Crítico

O Dragão com Coração de Chocolate de Stephanie Burgis

COMPRAR AQUI
O Dragão com Coração de Chocolate de Stephanie Burgis é mais um daqueles livros que nos deixam de queixo caído. Pela sua simplicidade. Pela sua mensagem. Pela sua beleza.

Nesta história seguimos Aventurina, uma jovem dragão um tanto rebelde, que toma uma decisão impensável e decide capturar uma das presas mais perigosas de sempre: um humano. O que ela não esperava no entanto, era que este humano, com poderes especiais e rotulado de mago da comida, a transformasse numa humana de apenas 12 anos e lhe desse a conhecer a sua grande paixão: o chocolate.

Ao ver-se confrontada com a realidade de que não pode voltar para a sua família e de que precisa adaptar-se numa cidade totalmente desconhecida, rodeada de pessoas pelas quais não sente empatia ou confiança, a Aventurina, vive um grande desafio.

Entre o seu trabalho como aprendiz de chocolateira, a amizade com Seda, e a vida diferente e nada fácil na cidade, esta jovem dragão num corpo de menina, precisará recomeçar. Conseguirá?

A história é narrada na primeira pessoa, pela voz da própria Aventurina, o que faz com que a gente se envolva facilmente na narrativa. Com uma escrita delicada e acessível – a idade indicada é a partir dos 9 anos – este livro ganhou um cantinho muito especial no meu coração. Primeiro, porque passa uma mensagem fantástica sobre a importância de descobrirmos a nossa paixão e lutarmos por ela, e em segundo lugar, mas não menos importante, a fantasia é um género que aprecio muito, e esta história é diferente de todas que já li, o que é afinal, um ponto extremamente positivo.

Temos sempre a ideia pré-concebida à cerca das histórias de fantasia, sobretudo para crianças, e esta vem desmitificar essa ideia errada.


Uma aposta da BOOKSMILE, para pequenos e para graúdos!  

Sem comentários:

Enviar um comentário